terça-feira, novembro 25, 2008

Uma história verdadeira

Quero, hoje, falar sobre algo que me aconteceu e que me deixou extremamente emocionada.
Com este tempo ausente, quando cheguei, meu filho falou:
- Mãe, eu continuei a dar a comidinha dos passarinhos que tu davas...
Pois... olhei para ele e sorri. Perguntei:
- Filho, como sabias que eu dava comida aos passarinhos? ... e qual comida dava?
Ele respondeu:
- Ora, mãe. Eu vi que era daquele pacotinho com farinha de polenta que tinhas ali.
Sim. Era verdade.
Temos o privilégio de morar em um condomínio simples, mas com uma grande área verde e um enorme espaço interno. Vários pássaros vem para nossas árvores e recantos de jardins. Entre eles: pardais, sabiás, Bem-te-vi, canarinhos da terra, canários... entre outros. E eles cantam e encantam.
Eu, diariamente, coloco comida para "meus" passarinhos" no alpendre da janela da cozinha. Sempre pela manhã.
Quando cheguei de viagem, no dia seguinte pela manhã ao entrar na cozinha, em seguida começaram os passarinhos a pousar na minha janela e a cantarem... eram muiiiiitos... e piavam como se estivessem a querer contar algo... Eu estava perto, encostada à pia, que fica sob a janela. E eles não se assustavam e continuavam a vir e a ficar no parapeito.
Não quis falar... pois poderiam dizer que eu estava fantasiando.
Até hoje...
Hoje, pela manhã, coloquei mais comidinha na janela. Os ventos fortes de ontem tiraram toda comidinha que havia no peitoral.
...E fui trabalhar. No meu escritório, eu escutava os piados dos passarinhos como se estivessem dentro de casa. Eu supunha que era pelo fato de deixar totalmente aberta a janela basculante da cozinha - e a janela da área também aberta, sem a tela.
Mas, quando fui fazer o almoço, qual minha surpresa! Numa parte da pia e no peitoral pela parte de dentro da janela, havia uma comidinha, diferente da que eu colocava no lado de fora. Várias sementinhas pretas... e um pouquinho da minha farinha (pouquinhos grãozinhos). Meus amiguinhos pássaros fizeram um escambo comigo. Trouxeram-me sementinhas pretas para que eu as apreciasse.
Custei a entender o que eram aquelas sementinhas, haja vista que eu jamais poderia imaginar tal fato. E, hoje, não ventava. O dia estava calmo e escaldante de tanto calor. Portanto, não havia como estas sementinhas terem vindo com o vento e sido depositadas naquele local. As janelinhas estavam inclinadas para cima. Custei muito, mesmo, a entender o fato. E, quando entendi, me emocionei.
Mais uma vez, a natureza ensinando o homem "sábio" como deve agir com seus irmãos. Mais uma vez... e de uma belíssima forma.
E deixo aqui este depoimento. Um acontecimento impar... emocionante...
Quisera todos pudessem vivenciar o que vivenciei. Não tenho palavras para explicar melhor. Somente entendemos quando vivemos e sentimos, de uma forma supreendente, que a natureza se encarrega de nos colocar como parte dela, quando agimos conforme ela merece.

Deus os abençoe.


by Miriam

23 comentários:

Wagner Marques disse...

a natureza só nos revela...

adorei!

vero disse...

Fiquei encantada e confesso que um pouco admirada com esta história :)

A natureza é admirável na sua força :)

Beijinhos

Sally Vengeance. disse...

oi!
muito obrigada pela informação =)

Sally Vengeance. disse...

oh desculpa, enganei-me. aquele comentário a agradecer a informação era para outra pessoa...

de qualquer forma, tb tenho um agradecimento para ti: obrigada por comentares o meu blog. =)

tulipa disse...

Muito obrigado pela presença nos meus blogues e pelas simpáticas palavras lá deixadas com muito carinho.

Tenho estado a pedir a todos os meus contactos que dêem um saltinho ao blog da minha sobrinha, que está internada no hospital de Santa Marta, à espera de um transplante de coração, com 26 anos.
Tem sido um sofrimento acompanhar a sua doença e mal-estar associado há mais de 1 ano...
Mas caso lá vás não refiras que fui eu que te pedi, se quiseres lê os seus ultimos posts e deixa umas palavras de força e ânimo, além de carinho que ela precisa.

Bom fim de semana e beijos perfumados.

Blog da sobrinha:
http://pikenatonta.blogspot.com/

Nilson Barcelli disse...

Cara amiga, a maioria das pessoas não vai acreditar nessa história e vai arranjar umna explicação qualquer para o facto.
A ser verdadeira (e eu acredito na sua verdade) é um acontecimento incrível. Nunca vi nada semelhante tratado em lado nenhum. O máximo que já vi, na TV, foram macacos que interagem quase como humanos. Há um trabalho científico em que introduziram dinheiro numa comunidade de macacos em cativeiro para eles poderem trocar por comida. Isso foi fácil para eles. Mas houve um macho que também usava o dinheiro para troca de favores sexuais com uma fêmea.
Há cerca de 3 anos aconteceu uma coisa comigo que as pessoas também têm dificuldade em acreditar: um pardal veio comer pão à minha mão, enquanto os "colegas" não se aproximavam mais que 4 ou 5 metros de mim...
Enfim, os animais não param de nos surpreender.
Beijinhos.

Nilson Barcelli disse...

Vim à procura de novidades.
Como não há, deixo-te "apenas" um beijo.

JOCENDIR CAMARGO disse...

LINDO SEU ESPAÇO...]
DESEJO A VOCE, A SEUS FAMILIARES E A TODOS QUE SÃO CAROS A VOCÊ, UM FELIZ NATAL E UM 2009 REPLETO DE REALIZAÇÕES, PAZ, AMOR, FELICIDADES... SEJA SEMPRE E CADA VEZ MAIS FELIZ... UM BEIJO COM MEU CARINHO...

JOCENDIR

Cadinho RoCo disse...

Experiência maravilhosa esta que revela de maneira concreta e objetiva a possibilidade de troca afetiva que temos para com os que conosco convivem neste mundo.
Cadinho RoCo

Sandra Daniela disse...

Olá! Venho desejar um Feliz Natal!

Que a Estrela do Natal ilumine sempre o teu caminho!!
Boas Festas e mais uma vez obrigada por todo o teu carinho!

DE-PROPOSITO disse...

FELIZ NATAL extensivo a todas as pessoas queridas.
Manuel

DE-PROPOSITO disse...

E como a seguir vem 2009.
FELIZ ANO NOVO com a concretização de todos os sonhos.
MANUEL

Sandra Daniela disse...

Vim deixar os votos de que 2009, seja um ano de muito sucesso e amor !

beijinho grande

Isabel José António disse...

Queridos Amigos,

Após uma longa ausência, estamos de regresso!
Venham visitar-nos às diferentes “salas” da nossa “casa virtual”:

http://flordojacaranda.blogspot.com/
http://diarioestetico.blogspot.com/
http://reflexoessentidas.blogspot.com/
http://newsletterfromlisbon.blogspot.com/
Isabel e José António desejam um Feliz Ano Novo e a Realização dos vossos melhores sonhos!

DE-PROPOSITO disse...

Quero, hoje,
-----------
É bom querer. Mas nem tudo o que se quer, acontece.
Fica bem.
E a felicidade por aí.
Manuel

Mel de Carvalho disse...

Querida Miriam,

Ausente mas sempre presente, ainda que aos blogs v� pouco (ou nada), decidi em dia de Reis, vir desejar-te um excelente e prof�cuo ano de 2009.

Ofere�o-te a minha casa de prosa (porventura j� conheces: www.noitedemel.blogspot.com , onde decidi n�o receber coment�rios. como se fossem folhas encontradas de um ba� (reminisc�ncias do tempo em que era "contadora de est�rias", lembras?)..

Do testemunho que contas. � muito poss�vel. Sabemos t�o pouco da vida animal � das interac�es de e com o mundo animal. E todos os sentidos.

Suponho que j� te contei esta est�ria real, de que tenho, inclusiv� fotos: - Certo dia, corria o ano de 2006, estava muito doente, gravemente doente. Nada fazia sentido. Fui � fal�sia, no argumento de ir fotografar. O mar era forte e mais forte a vontade de n�o ser "nada". No �ltimo instante, reflecti. Voltei para tr�s �. Nas buganv�lias de minha casa esvoa�avam borboletas. Aproximei-me. queria fotografar. Afastei delicadamente um ramo com a m�o esquerda. Com a direita mantinha a m�quina em jeito de fotografar...

O que seguiu guardo at� hoje. Uma borboleta veio poisar-me na m�o. voou e veio. E voou e veio ... desde ai, tudo voltou a fazer sentido, lentamente. "Borboleta err�tica"... serei!

Beijo fraterno
Mel

mjose disse...

Ola Míriam,

Depois de uma ausência mais longa do que gostaria, venho para estar um pouco contigo, neste teu espaço onde sempre me sinto bem.

A Natureza é um mundo quase mágico de pequenas/grandes surpresas...
O mais belo e importante desta tua vivência será motivo de reflexão que nos lembre como devemos (e podemos ) preservar a Natureza, este nosso Mundo em que vivemos.

Desejo que a cada dia deste novo ano continues a ser assim!!
Tudo de bom ,minha querida.
Um excelente 2009
Vai escrevendo,pode ser?!

Beijinhos

ลndreia disse...

Que história LINDA! *

Isabel José António disse...

Queridos Amigos,

Partilhando um pedaço do nosso Domingo convosco, actualizámos os nossos Blogues principais.
Com o Caminho do Coração http://reflexoessentidas.blogspot.com/ reflectimos, com a ajuda de Fernando Pessoa, sobre a CONSCIÊNCIA.
No Observatório http://diarioestetico.blogspot.com/ vimos como um aparentemente “vulgar” nevoeiro pode dar origem a um OLHAR renovado…
No POESIA VIVA http://flordojacaranda.blogspot.com/ oramos pelo Planeta e finalmente, no nosso blogue em Inglês http://newsletterfromlisbon.blogspot.com/ admiramos Lisboa, essa “Musa” que nunca deixa de nos inspirar…

Um abraço nosso e desejos de uma BOA SEMANA!

Isabel e José António

Lisboa 18 Janeiro 2009

Maria Clarinda disse...

Maravilha de partilha. Adorei ler ...são lindos e surpreendentes os nossos irmão que habitam connosco o planeta terra.
Jinhos

DE-PROPOSITO disse...

Olá.
E deambulei por aqui.
E desejo felicidades.
Manuel

marta disse...

olá, venho convidar para conhecer o meu espaço novo.
Conjuga fotografias com textos... espero que goste de me visitar.
Comecei hoje mas espero poder andar por estes sítios muito mais tempo.
Beijo.
Marta.

ESTOU AQUI:
http://marta-essence.mine.nu

A Flor disse...

Olá Querida Amiga! :-)

Emocionei-me também!

Eu guardo todas as migalhinhas quer do pão, quer de bolachas, bolos, enfim, tudo, para os "meus" amigos pardalinhos e pombinhos que já sabem e já me conhecem... :-)
Amo passáros....

Peço a Deus que esteja tudo bem contigo, Amiga querida!

Tem o resto de uma boa e agradável semana.

Deixo-Te o sorriso sincero do meu coração.

Flor