domingo, setembro 02, 2007

Tarde de Domingo.


O sol está querendo se esconder...
Uma música suave inunda meu ambiente, fazendo-me levitar pelas notas e sons que , tão sublimamente, me levam ao encontro do infinito.
À minha volta, nada... apenas o vazio característico das casas vazias, das peças onde nos escondemos do presente, para esquecer o passado.
A alma está em paz, mas o corpo pede descanso. Um dia como outro qualquer, mas especial em sua essência, em seu significado. Um dia que podería ter outra importância, outras marcas.
Olho em direção à janela aberta... e me dá vontade de fechá-la. Ao longe, as nuvens acinzentadas mostram o dia que foi nublado e, aos poucos, mostrou os raios do sol a aquecer e secar as calçadas molhadas. Esta luminosidade especial, que é característica do retorno do sol após alguns dias chuvosos, me remete à esperança.
Pode faltar tudo na nossa vida... menos esperança.
A esperança da superação dos problemas.
A esperança do encontro do encontro....
A esperança do passar o passado...
A esperança do chegar o futuro esperado...
A esperança de, enfim, descansar do cansaço.
Hoje seria um dia... que foi... e passou... e está terminando...
Assim sempre... o amanhã também será...
E a vida segue... e a esperança persiste...
E a força para seguir, em JESUS eu encontro.
Sem ELE, eu não teria esperança... sem ELE não teria "amanhã"!


by Miriam, melancólica em seu final de Domingo.

8 comentários:

DE-PROPOSITO disse...

Olá.
A esperança faz parte da vida, sendo tão necessária como a própria alimentação. Se não houvesse esperança, o ser humano, não tinha inovado. O inventor tem sempre esperança, que o seu invento saia na perfeição. E até o vigarista, tem esperança que a sua tramóia não seja descoberta.
Fica bem.
E a felicidade juntinho de ti.
E deixo um beijinho.
Manuel

Mariliza Silva disse...

O por do sol nos leva diretamente a ELE, não é mesmo! A sublimidade e a luz que nos remete a não perdermos a esperança, nunca!

Lindo, Miriam!

Beijos

Mariliza

Rosa Maria disse...

Sem dúvida...!!!
Fica um beijo

Sophiamar disse...

Um texto em prosa que tem muito de poesia.
Gostei. Muito!
Beijinhos

Nilson Barcelli disse...

Não é por acaso que normalmente se diz que a esperança deve ser a última coisa a morrer.
Belo texto.
Bfds, beijinhos.

alem do horizonte disse...

Oi, Míriam,
Dizer o que?!
Há um pedacinho que me ficou - " O retorno do sol"
E ele sempre volta mesmo se a tempestade foi cinzenta e molhou as vidraças de um olhar...
E que a Esperança seja pelo Hoje...
No sempre desse entardecer ou amanhecer - n'o retorno do Sol.
Beijinhos
MJose

DE-PROPOSITO disse...

Olá.
E aqui fica um beijinho (fantasioso), como fantasia são muitas coisas que existem pelo mundo. E de certeza não é preciso enumerá-las, uma vez que elas são bem evidentes.
Que a felicidade ande por aí.
Beijinhos.
Manuel

文章 disse...

AV,無碼,a片免費看,自拍貼圖,伊莉,微風論壇,成人聊天室,成人電影,成人文學,成人貼圖區,成人網站,一葉情貼圖片區,色情漫畫,言情小說,情色論壇,臺灣情色網,色情影片,色情,成人影城,080視訊聊天室,a片,A漫,h漫,麗的色遊戲,同志色教館,AV女優,SEX,咆哮小老鼠,85cc免費影片,正妹牆,ut聊天室,豆豆聊天室,聊天室,情色小說,aio,成人,微風成人,做愛,成人貼圖,18成人,嘟嘟成人網,aio交友愛情館,情色文學,色情小說,色情網站,情色,A片下載,嘟嘟情人色網,成人影片,成人圖片,成人文章,成人小說,成人漫畫,視訊聊天室,性愛,自拍,情色論壇,性感影片,正妹